terça-feira, 17 de maio de 2011

Um pouco de paz




Paz. Um estado de calma, tranqüilidade e harmonia com a vida. Sem preocupações, perturbações e agitações. De acordo com as minhas idéias (e sugestões do Google), paz designa um estado de espírito isento de ira, desconfiança. Ou seja: de todos os sentimentos negativos. Sendo assim, ela é uma das coisas mais desejadas do mundo. Sim. Aquilo que as pessoas mais aspiram tem nome. É paz: eterna ou provisória.
Só que para haver paz, é preciso não haver guerra. Guerras não são somente aquelas em que homens matam e morrem por um ideal forjado de nacionalismo barato. Guerras podem estar presentes no meio que você vive ou até mesmo dentro de você. Tipos de paz são muitos e formas de consegui-los resumem-se em atitudes.
Sem atitude, nenhuma paz é alcançada. A paz mundial, a paz social e qualquer outro tipo de paz precisam de mais de uma pessoa, mais de um ato para se concretizarem. A maior paz que precisamos é a entre os povos do mundo, onde todos possam conviver com as diferenças. Uma convivência harmoniosa através das fronteiras e dos oceanos. Mas a primeira paz que necessitamos é a paz interior.
Paz é difícil de conseguir, bem sei. Que o mundo está um caos e que precisa urgente dessas pessoas que aspiram paz mais que qualquer coisa, eu também sei. Só que todo mundo devia pelo menos pensar positivo, pensar que pode dar certo. Ter esperança naquilo que quer e confiança naquilo que faz. E, finalmente, conquistar a paz. Mas um estágio não apenas de uma paz individual, e sim aquela paz que vem com o tempo, que vem com o cair da ficha, que vem junto com a paz das outras pessoas. Porque você sabe que o principal é saúde e paz. O resto, a gente corre atrás.

terça-feira, 15 de março de 2011

Tudo passa ...

"Havia um homem que costumava ter em cima de sua cama uma placa escrita:
ISSO TAMBÉM PASSA...então perguntaram à ele o por quê disso... ele 
disse que era para se lembrar que, quando estivesse passando por 
momentos ruins, poder se lembrar de que eles iriam embora, e que ele 
teria que passar por aquilo por algum motivo. Mas essa placa também era 
pra lembrá-lo que quando estivesse muito feliz, que não deixasse tudo 
pra trás, porque esses momentos também iriam passar e momentos difíceis 
viriam de novo...E é exatamente disso que a vida é feita: MOMENTOS!


Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, pro nosso próprio
aprendizado. Por algum motivo... Nunca esqueça do mais importante:

NADA É POR ACASO ! Absolutamente nada. Por isso temos que nos preocupar em fazer a nossa parte da melhor forma possível."

terça-feira, 8 de março de 2011

Adolescência

Adolescência. Já menti que estava doente pra faltar aula. Já xinguei a minha mãe no pensamento e depois me arrependi. Já quis mudar de sala por causa de certas pessoas. Já tive inimigos no colégio. Já fiquei sozinho em casa e quis fazer uma festa que nem os Americanos. Já fiquei na internet de madrugada sem a minha mãe saber. Já amei. Já sofri. Isso é inevitável. Já fiz muita merda. Isso também é inevitável. Já quis sair escondida pra ir a alguma festa. Já chorei porque minha mãe não deixou eu ir pra casa de uma amiga. Já me odiaram sem nem me conhecer. Já virei amiga de muita gente que me odiava, e inimiga de pessoas que eu considerava muito. Enfim, isso é só uma fase, então aproveite. (Autor Desconhecido)

sábado, 19 de fevereiro de 2011

RBD



Você, que há alguns anos atrás chegava correndo da escola, jogava sua mochila no chão para não perder a sua novela preferida. Você, que passava noites em claro esperando a venda dos ingressos para o tão esperado show começar. Você, que se juntou junto a milhares de pessoas para lutar contra um fim. Você, que falava com seus pôsters, acreditando que eles eram o RBD.

RBD
são três letras que me levam à milhares de lembranças. Gostaria que você tentasse se lembrar de como era a sua vida em 2005, você devia ter 11, 15 anos - ou até menos. Você devia ter seus problemas, suas mágoas e aflições. Você procurava por algo, algo para te completar. Não demorou muito e naquele mesmo ano você encontrou uma grande motivação. Éramos ingênuos, acreditávamos em tantas coisas, e nem sabíamos que outras existiam. Mas, eles nos mostraram um mundo novo. Não quero, e nem preciso, falar de tudo o que aprendemos com eles.

O ponto aqui não é esse: o fato é que, você, ainda que seja há alguns anos atrás, daria sua vida por aquelas SEIS pessoas. Pode ser que hoje você já não o faria. Cada dia que se passa o nome RBD vai se apagando de muitos corações..e eu simplesmente não consigo entender. Como pode? Como você aguenta? Como você tem coragem de criticar aquela pessoa que um dia você amou? Aquela pessoa que, um dia, por ela, você chorou? Procuro entender, e não consigo. Me dói tanto a alma ver que a geração rebelde se apaga pouco a pouco, e quanto a isso NÃO PODEMOS CULPAR NENHUM DELES, OS REAIS CULPADOS SÃO AQUELES QUE BORRARAM AS TRÊS LETRAS DE SEUS CORAÇÕES. Eles estão em seis caminhos diferentes, mas NÓS, FÃS, deveríamos ainda estar no mesmo, juntos e unidos. Diga-me se você não sente saudade de esquecer todas as horas do dia e pensar somente em como seria o capítulo da novela? Me diz se você não tem saudade de ouvir uma música deles tocando em uma rádio, onde o locutor anunciasse, como antigamente “este foi o FENÔMENO RBD”. Eu sinto falta, e sei que você também sente.
RBD como banda se separou, mas DANE-SE! Não venho aqui falar disso, eles deixaram em nossas mãos, a missão de levar o nome RBD a diante. Hoje você pode ter seu preferido, eu sei. Hoje você pode estar xingando Anahí e Maite, pode estar culpando a segunda pelo fim da banda. Mas, lembre-se que você, um dia, já foi aquela pessoa que tatuaria RBD em seu pulso, aquela pessoa que sairia por aí usando uma gravata vermelha com listrinhas com muito orgulho. Não deixe a separação afetar o seu coração, não xingue aquela pessoa pela qual você se apaixonou algum dia.

NUNCA SE ESQUEÇA: UM DIA, FOMOS UMA FAMÍLIA.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Fim das Aulas! =/


 Pois é esse foi o último ano, férias longe de vocês,Esse ano colégios diferentes, caminhos diferentes...
Apesar das ''Brigas'' vou sentir saudades minhas Bebês rs...


''Muito fácil falar de amizade, virar pra uma pessoa e falar que 'você é a melhor'. O difícil é achar uma pessoa que você possa mesmo confiar, sem aquela dúvida lá no fundo sabe. Fácil você ter milhões de amigos e ter uma história com cada, o difícil é você ter um amigo e com ele milhões de histórias, histórias em que você chorou e riu, mas sempre com aquele amigo. E ai, quando eu pensava que esses valores da amizade já não existiam mais, chego vocês best's, e tranformo minha vida de um jeito inesplicável. Te amo muito, e pra mim vocês são pra sempre.


Amooo vocês! rs

domingo, 28 de novembro de 2010

A estrela que me ilumina (Frederico Chaves Guedes)





Ah tantas coisas eu queria falar pra você, e quando o conheci nada saia rs, não sei se você vai ler isso mas eu vou escrever mesmo assim! rs




''É tão imbecil, tão incomum... Amar sem tocar, sem falar. Mas posso sentir. Posso sentir a cada segundo que você existe, e que não é fruto da minha imaginação. Eu não vou acordar sobressaltada pra descobrir que era um sonho, porque não é.
Juro que já ouvi nos meus sonhos ou em horas sozinha no meu quarto você falando coisas sem importância com essa voz que eu tanto amo. Sua voz. Já dialoguei com você, jurando que responderia. Mas só o silêncio respondeu. Respondeu que mesmo com a distância, mesmo que eu não possa falar com você, te tenho aqui comigo. No lugar mais especial que alguém pode estar. No coração.
Já me perguntaram diversas vezes porque você. Porque justo você, Fred. Eu não sei. Essas coisas não tem motivo, só acontecem e pronto.
 Confesso que já tentei te esquecer mais isso é impossível, Como tirar você da minha cabeça, Se você não sai do meu coração? Essas coisas não tem motivo, só acontecem e pronto. Eu era uma garota como qualquer outra. E de repente, você começa a aparecer nos meus sonhos e nas folhas em que eu me pego escrevendo seu nome.''



Pois você é tudo que eu quero, você é tudo que eu preciso...


AMO VOCÊ!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O meu medo da 1° postagem!! =))

Oiie, não sei bem o que eu escrevo aqui rsrs, mais não sei o que eu escrevo... Só quero me dar as boas-vindas por estar aqui!! rsrs e sempre que puder e lembrar posto tudo aqui! inclusive declarações de amor aos meus  ídolos (tá viajei agora) rs, Bom eu sou a Paulinha no próximo post tudo sobre mim! Besos.